Empreenda. Em Ação! Na Universidade Federal de São João Del-Rei

Quem finalizou a semana de muitas emoções, inspirações e trabalho duro, foi a Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ). O encontro que aconteceu na última sexta-feira (24), no Anfiteatro da Biblioteca do Campus Santo Antônio, apresentou 15 projetos caracterizados por serem inovadores.

O cenário foi regido por histórias empreendedoras contadas por profissionais que sensibilizaram e inspiraram o público. As equipes apresentaram seus projetos para o público, e para a banca avaliadora. Ipsum, é a nova startup que assegurou o primeiro lugar, com o incentivo do Empreenda. Em Ação!, em segundo lugar ficou a equipe Hexo Seven, em terceiro a Sôbet e a melhor da plateia foi a equipe Isquema.

Ipsum, nasce dentro de mais uma universidade brasileira e carinhosamente, em terras mineiras. A startup está empenhada no desenvolvimento do aparelho multi-seletor para doenças e também no desenvolvimento das fitas ou pastilhas de nanotubos de carbono, modificado com moléculas específicas para cada doença a ser analisada, que vão compor o kit diagnóstico. O kit diagnóstico é um produto rápido, que mede a condutância e resistividade de nanotubos de carbono funcionalizados, que poderá ser usado por qualquer pessoa e não precisa de um laboratório/equipamentos de alto custo. De acordo com o Altair Arnaldo da Costa, integrante da Ipsum, foram realizados muitos estudos a respeito dos diagnósticos e da tecnologia utilizada, além disso também foi construída uma rede com os profissionais da área. “Foi uma alegria muito grande termos conquistado o primeiro lugar no Empreenda. Em Ação!, nós pesquisamos e nos aprofundamos bastante na bibliografia já existente de diagnósticos, escolhemos uma tecnologia ainda não existente, de acordo com a nossa pesquisa, e estamos com uma expectativa muito grande. Estamos trabalhando bastante com o objetivo de ir com tudo para Ouro Preto”, concluiu. Assistidos por influentes do mercado, os projetos obtiveram visibilidade.

Para André Medina, gestor de portfólio da Techmall, uma aceleradora de startups, que acelera também o programa do Fiemg Lab ( Programa das Federações de Indústrias de Minas Gerais), em Belo Horizonte, o programa proporciona a inovação do empreendedorismo para dentro das universidades, o que é bastante positivo em razão da universidade contribuir com a união do que tem de bom na universidade, com o que tem de bom o mercado também. “Foi bacana participar do Empreenda. Em Ação! Aqui em São João, nós apoiamos bastante e acreditamos que esses projetos têm muito futuro quando linkados a parte de produto da universidade com o mercado, em que podemos ajudar acelerando. Nós esperamos que esses projetos apresentados aqui continuem dando ‘gás’, e façam com que eles realmente se desenvolvam e cresçam em termos de tecnologia e produto, e melhorem isso pro mercado. No que a gente puder ajudar, podem contar com a gente, com a Techmall”, assegurou.

Felipe Mariani de Paula, representante da Fundepar, ressaltou a importância do programa dentro das universidades. “ Acho que esse é um movimento sem volta, entendo que é muito importante que esse tipo de cultura esteja sendo gerado dentro das universidades, porque é o grande celeiro de inovação que a gente tem em Minas, principalmente nas Federais. Me senti honrado em conhecer projetos tão bacanas da graduação e da pós-graduação, espero que esses projetos continuem, espero que tenham sucesso, que se desenvolvam para que possam receber investimento em breve, e que outros projetos sejam gerados nas próximas edições do Empreenda. Em Ação!”, conclui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 − três =